O prefeito Roberto Cláudio, acompanhado da primeira-dama Carol Bezerra, anunciou, nesta sexta-feira (09/02), uma série de ações que valorizam o trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e de Agentes de Combate a Endemias (ACE) de Fortaleza. Durante o evento, realizado no auditório do Instituto de Previdência do Município, o gestor assinou o decreto que trata da gratificação de produtividade de campo das categorias. Os profissionais também receberam novo fardamento.

O uniforme apresenta novo layout, que possibilita fácil identificação por parte da população, oferece maior conforto e segurança aos profissionais e segue os padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Os agentes de endemias receberão um kit contendo uma bolsa, duas blusas, duas calças, um boné e um par de botas. Os agentes do Núcleo em Educação e Mobilização Social (NESMS) também serão contemplados com novo fardamento composto por duas calças, duas camisas, cinto, um par de botas, além do colete de identificação. Já os agentes comunitários de Saúde terão agora duas calças, duas camisas, um colete, um par de botas, mochila e um boné. “Estávamos lutando por essas reivindicações há muito tempo. Trabalhamos em áreas de risco e precisávamos de um estímulo. Além disso, esse fardamento vai nos proteger completamente e nos dar mais conforto”, disse a agente de saúde Virgínia Bezerra.

O decreto assinado pelo Prefeito aumenta em até 10% o valor do vencimento base nacional da categoria, obedecendo a metas, limites, critérios e parâmetros apresentados no documento assinado durante a solenidade. “Eu tinha uma dívida com esses profissionais. Este é apenas o primeiro passo de uma política contínua e permanente de valorização do trabalho de quem, na ponta, faz e pode fazer ainda mais a diferença para a saúde pública de Fortaleza”, destacou Roberto Cláudio.

O aumento salarial também contempla os agentes comunitários que aderiram ao Programa Cresça com seu filho. “Acompanhei as visitas por seis meses, e ver que as crianças atendidas estão mais fortes, mais tranquilas, me dá a certeza da importância desse trabalho. As crianças mais vulneráveis de Fortaleza estão nas mãos dos agentes”, pontuou a primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra. O programa Cresça com seu Filho/Criança Feliz é um projeto intersetorial, liderado pelo Gabinete da Primeira-Dama de Fortaleza, executado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em parceria com as Secretarias de Diretos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), Educação (SME) e Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci). Atualmente, 300 agentes fazem parte do programa, realizando visitas domiciliares e acompanhando as famílias e o desenvolvimento das crianças. Até novembro de 2017, o programa tinha 5.574 crianças cadastradas, com um total de 32.491 visitas domiciliares semanais realizadas pelos agentes comunitários de Saúde.

Os agentes comunitários de saúde estão divididos de acordo com o tamanho da área, número de habitantes e risco de vulnerabilidades, orientando a população quanto à utilização dos serviços de saúde. Já os agentes de combate a endemias atuam conforme o número de imóveis localizados em determinada área combatendo os vetores de doenças transmissíveis com base nos programas de arboviroses, doença de chagas, calazar, raiva, leptospirose, entre outras. “Todos os profissionais, especialmente os da atenção primária, são essenciais para a promoção da saúde. Mas os agentes estão perto da população, e quando precisamos pontuar os cuidados necessários para evitar doenças, são eles que estão lá comunicando adequadamente e ajudando na prática a combater problemas para a população”, disse a secretária municipal de Saúde, Joana Maciel.